Seringas ainda estavam com agulhas quando foram descartadas — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guaraí
A Vigilância Sanitária de Guaraí, na região central do Tocantins, encontrou 38 quilos de lixo hospitalar descartados sem nenhum tipo de cuidado em uma calçada no centro da cidade. O material incluía seringas usadas ainda com as agulhas e medicamentos vencidos. A descoberta foi feita após uma denúncia anônima alertando para o problema.

A suspeita dos fiscais é que o material pertence a uma farmácia que fica próxima ao local. O dono da farmácia esteve no local durante o registro do problema e ofendeu os funcionários da Vigilância. A prefeitura informou que foi registrado boletim de ocorrência na Polícia Civil tanto por causa do lixo hospitalar como pelo crime de desacato aos servidores públicos.

A perícia técnica foi ao local e colheu evidências para tentar identificar a origem dos medicamentos e das seringas. O número do lote é um dos elementos que deve ser usado na investigação. Após o procedimento, o lixo foi recolhido para o descarte correto.

O proprietário da carga vai responder por crime contra a saúde pública. Além disso, o empresário que discutiu com os fiscais vai responder por crime de desacato.
Lixo hospitalar estava em calçada no centro da cidade — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guaraí

Fonte: G1