A Prefeitura de Guaraí vai adotar a orientação para o uso da hidroxicloroquina associada à azitromicina no tratamento de pacientes confirmados com Covid-19. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a medida é uma decisão baseada na Nota Técnica nº 03/2020, com recomendação do Conselho Regional de Medicina do Tocantins (CRM) e Ministério da Saúde.
A decisão foi consolidada na tarde de ontem, terça-feira, 19, com consentimento dos profissionais da saúde e Secretaria Municipal de Saúde. Entre os critérios estabelecidos para o uso da hidroxicloroquina, estão a autorização expressa do paciente e a obrigatoriedade que o profissional de saúde avise da ausência de evidências sólidas de que o tratamento possa ter um efeito confirmado na cura do Covid-19.
Segundo a médica da Rede Municipal da Saúde de Guaraí, Priscila Guimarães de Sousa, o tratamento segue indefinido, pois, o pouco que se sabe é que a hidroxicloroquina associada com azitromicina mudou o percurso de algumas doenças, o que não significa cura. Porém, o uso dessas medicações associadas pode evitar o progresso da doença de uma fase mais grave. “Essa decisão de adotar a hidroxicloroquina associada à azitromicina, tem como base alguns estudos realizados em alguns países, dentre eles europeus. Estamos tentando ofertar para a população de Guaraí uma possível solução”, disse.
De acordo com a orientação que será adotada em Guaraí, o médico irá avaliar a indicação do uso desta associação e baseado em cada caso, levando-se em consideração algumas contra-indicações, o tratamento será proposto ao paciente na fase inicial. “Caso a pessoa aceite, ela terá que assinar um Termo de Consentimento para então ser iniciado o tratamento. Antes de assinar o termo, o paciente estará ciente que se trata de uma opção ainda em estudo e análise”, completou a médica, Priscila Guimarães.
A Prefeitura de Guaraí iniciou o planejamento com reserva de recursos para aquisição dos medicamentos. “Nesta primeira etapa serão adquiridos 2 mil unidades de comprimidos para o início dos tratamentos”, revelou a secretária municipal da Saúde, Marlene Sandri.
Vale ressaltar que as medidas de controle social, bem como correta higienização das mãos e uso de máscaras, ainda são prioridades no enfrentamento ao Coronavírus.
A previsão de início do tratamento é para as próximas semanas.


ASCOM: Prefeitura de Guaraí