5 de dez de 2018

Camila Fernandes rompe silêncio e fala pela primeira vez sobre a morte de Moisés

A viúva do ex-prefeito de Miracema do Tocantins Camila Fernandes falou pela primeira vez desde a morte do marido Moisés Costa da Silva, barbaramente assassinado em 30 de agosto do corrente ano.

A entrevista foi concedida ao jornalista Leal Junior em seu programa semanal na Rádio Miracema FM no último sábado, 01.

Na oportunidade, Camila afirmou que sua presença, entre outras coisas, era para pedir justiça após três meses de dor, angústia e saudades.

"Estamos buscando respostas para esse crime tão bárbaro, pois, Moisés sempre foi uma pessoa do bem, pacífica, e nunca teve inimizades ".

A ex-primeira dama citou que é angustiante não saber o que ocorreu.

"A polícia tem buscado muito, mas, a investigação está em segredo, portanto o que nos resta é cobrar".

Camila explicou que a família está buscando tudo que é possível, e se as autoridades não derem uma resposta, todos os meios cabíveis serão procurados.

Perguntada sobre a gestão do marido, avaliou que foi positiva, pois, ele trabalhou sem parar, sempre procurou fazer o melhor, e que a população reconhece, afinal foram realizadas obras que há anos eram esperadas pela comunidade.

"Tudo que ele fez foi para o bem de Miracema".

Mais adiante, ela lembrou que uma das maiores preocupações de Moisés era o funcionalismo, afirmando que se ele estivesse aqui "ainda faria muitas obras tamanho eram os projetos que tinha para a cidade".

Finalizando, Camila Fernandes ressaltou que sua próxima meta era embelezar a cidade, argumentando que o projeto do Natal com material reciclável foi implantado por Moisés, e por último, frisou a luta para que as casas populares fossem construídas, o que já está acontecendo desde maio.

"São duzentas unidades que comporão aquele setor habitacional".

Durante a entrevista, o ex-Procurador Geral do Município advogado Dr. Flávio Suarte, explanou tecnicamente sobre as várias situações que o ex-gestor deixou, esclarecendo diversos pontos que são comentados por populares em Miracema.

Ao se despedir, Camila reforçou o desejo de continuar lutando, ao mesmo tempo em que ratificou a esperança na elucidação do caso, e a confiança no trabalho da justiça.

Fonte: Portal LJ

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fechar


 


Galeria de Fotos