15 de dez de 2016

Pedido de impeachment de Marcelo Miranda é protocolado na Assembleia


Um pedido de impeachment do governador Marcelo Miranda (PMDB) foi protocolado na manhã desta quarta-feira (14) na Assembleia Legislativa, em Palmas. O documento foi entregue pelo presidente do sindicato dos servidores públicos do Tocantins, Cleiton Pinheiro, e é baseado em supostos crimes de responsabilidade cometidos pela gestão. (Veja o vídeo)
O pedido teve cerca de 13,8 mil assinaturas, segundo o presidente, recolhidas em 17 municípios do Tocantins. O documento protocolado tem 94 páginas.
Em nota, a Secretaria de Comunicação do Tocantins disse que o governo só vai se manifestar depois de ser notificado desse pedido pela Assembleia Legislativa.
Pedido
De acordo com Pinheiro, o pedido busca comprovar que houve crime de responsabilidade cometido pelo governador. Segundo ele, Marcelo Miranda descumpriu a lei orçamentária de 2015, além de não ter pago benefícios dos servidores como a data-base e a progressão.

Outro ponto apontado pelo sindicato é a falta de repasse de verbas descontadas dos subsídios dos servidores para o Plansaúde e empréstimos consignados, por exemplo.
O pedido relata ainda a falta de repasses de verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e para o Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins (Igeprev).  Assim como os supostos desvios de verbas públicas investigadas pela Polícia Federal (PF) na operação Reis do Gado.


Fonte G1 Tocantins
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fechar


 


Galeria de Fotos