24 de out de 2016

Prefeito eleito Moisés da Sercon concede entrevista ao Programa Leal Júnior


O prefeito eleito de Miracema do Tocantins Moisés da Sercon concedeu entrevista exclusiva ao Programa Leal Júnior e Portal LJ no último sábado,22.
Em conversa com o radialista Leal Júnior, Moisés abordou temas interessantes relacionados ao momento que antecede a sua posse dia 1º de janeiro de 2017.
TRANSIÇÃO
Moisés disse que já enviou à prefeita Magda Borba ofício nesse sentido, e já recebeu resposta positiva para que o assunto seja tratado logo no começo de novembro quando as equipes nomeadas por ele e pela atual gestora estarão se reunindo.
Acrescentou ainda que resolveu não indicar nenhuma pessoa que fez parte de forma mais ativa em sua campanha eleitoral para compor a equipe de transição,pois, entende que a parte politica eleitoral se encerrou dia 02 de outubro.
"Já temos alguns nomes e segunda-feira,24, encaminharemos para a prefeita. Essas pessoas serão orientadas para não haver nenhum confronto de idéias, o que queremos são apenas informações para planejarmos nossa administração".
EMPREGO
O prefeito eleito afirmou que essa questão é o maior desafio para qualquer gestão citando a LRF- Lei de Responsabilidade Fiscal que determina que haja um planejamento nesse sentido em todos os municípios brasileiros.
"Tenho passado várias noites imaginando como resolver isso em Miracema".
Moisés entende que o problema pode ser solucionado através de parcerias com as empresas privadas que virão para cá realizar obras como a da expansão do campus da UFT que deverá amenizar a questão.
"Nós temos profissionais capacitados que certamente serão contratados".
Para Moisés Miracema tem um dos maiores índices de desemprego do Tocantins,mas, sua função como gestor será cumprida apoiando os pequenos produtores, comerciantes, enfim, todas as condições serão dadas pelo executivo municipal no sentido de buscar geração de emprego e renda.
"Sei que o município não tem condição de empregar a população,mas, temos boas perspectivas de obras para o ano que vem que amenizarão a situação, emprego de prefeitura não resolve a questão de desemprego em nenhum município".
SECRETARIADO.
"Essa questão de secretariado só iremos tratar em dezembro", iniciou.
Moisés da Sercon, todavia, lembrou que tem nomes em mente,mas, nada definido, citando que no momento tem acompanhado a prestação de contas do seu grupo, as emendas para o ano que vem e  planejando a transição.
Por outro lado ratificou a intenção de promover uma ampla discussão em torno do processo lembrando que os critérios técnicos serão olhados de uma forma especial, ao mesmo tempo em que o político não será deixado inteiramente de lado.
"Iremos ter um conselho técnico e um político".
Um ponto o prefeito eleito fez questão de ressaltar que será a obrigação de todos os servidores tratarem bem a população, afinal são empregados do povo.
"Não iremos permitir que nenhum funcionário da prefeitura trate mal qualquer pessoa, se isso ocorrer que procurem diretamente o prefeito"
PRESIDÊNCIA DA CÂMARA
Para Moisés todos tem o direito de pleitear, contudo, não vai interferir porque os vereadores eleitos tem que exercitar desde a eleição da mesa diretora a capacidade de legislar,entretanto, pediu que os eleitos em sua base se articulem e encontrem um nome que satisfaça o grupo.
"Se a comunidade nos elegeu pedindo mudanças, que elas aconteçam desde já, e a presidência da câmara é uma delas".
PRIMEIRAS AÇÕES.
O futuro prefeito enfatizou que começará pela limpeza pública e posteriormente irá procurar os segmentos organizados da sociedade para discutir prioridades, ressaltando que irá avançar em educação e saúde.
"Nossa administração será de parcerias".
Moisés disse ainda que as festas não serão prioridade, o trabalho sim será priorizado.

Fonte: Portal LJ
Fotos: Leal Júnior
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fechar


 


Galeria de Fotos