25 de jan. de 2016

Usinas do TO abrem comportas devido às chuvas


Comportas foram abertas devido excesso de água nos reservatórios
Com os rios mais cheios devido às chuvas, as comportas das Usinas Hidrelétricas de Peixe Angical, a 302 km de Palmas, e Luís Eduardo Magalhães de Lajeado, a 50 km da Capital, foram abertas para liberar o excesso de água dos reservatórios. Com isso, algumas ilhas no município de Peixe ficaram submersas e houve aumento na margem do rio em Miracema, a 78 km de Palmas.
Na UHE de Lajeado, a Investco, empresa responsável pela construção e operação da usina, informou que o empreendimento vem operando normalmente, de acordo com as condições fluviais do Rio Tocantins, e seguindo os despachos do Operador Nacional do Sistema (ONS).
Já a UHE de Peixe Angical, as comportas foram abertas na madrugada da última quinta-feira. Com isso, ao menos 37 ilhas do município ficaram submersas, em razão da cheia no rio, que até sexta-feira, estava com quase nove metros acima do seu leito normal.
De acordo com a secretária de Meio Ambiente e Saneamento de Peixe, Maria Luiza Moreira, esta manhã o relatório apontava que o rio já tinha abaixado 60 centímetros. Segundo ela, o alagamento não atingiu nenhum ribeirinha, mas há relatos de danos materiais nos ranchos localizados nas ilhas submersas.
Fonte: Jornal do Tocantins

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

MIRACEMA TV ONLINE

Fechar


 


Galeria de Fotos