13 de out de 2015

Restaurantes Comunitários terão reajuste no valor da refeição


A partir de quarta-feira, 14 de outubro, as refeições nos Restaurantes Comunitários de Palmas sairão a R$ 3,00 por pessoa. Entretanto, este valor de R$ 3,00, será para os idosos, estudantes, portadores de necessidades especiais, beneficiários de programas assistenciais e aqueles que com renda de até um salário mínimo, ou seja, serão atendidos trabalhadores formais e informais de baixa renda, desempregados, estudantes, aposentados e famílias em situação de risco de segurança alimentar e nutricional.
Os usuários que se enquadram nesses critérios terão que apresentar os seguintes documentos: documento de identificação (idosos a partir de 60 anos); carteira de estudante (estudantes); documento que comprove vínculo com programas sociais (beneficiários de programas sociais); contracheque ou carteira de trabalho (pessoas com renda de até um salário mínimo). Para aquelas pessoas que não se enquadram nesses critérios, o valor cobrado pela refeição será de R$ 7,00.
Vale ressaltar que desde 1º de outubro de 2010, não ocorreu nenhum reajuste no valor cobrado, configurando desta forma, cinco anos sem nenhum repasse aos usuários dos realinhamentos financeiros sofridos ao longo do tempo. Os restaurantes comunitários tiveram uma correção acumulada durante este período de 63,10%, que corrigido pela SELIC da data final, o valor atual segue para R$ 3,26.
Há cinco anos a Prefeitura, oferece refeições prontas, saudáveis e de qualidade, ao custo de R$ 2,00 por pessoa, mas para que esse valor fosse acessível aos usuários, a Prefeitura de Palmas subsidia R$ 5,00 de cada refeição.
A secretária de Desenvolvimento Social, Eliane Campos, fala dos critérios adotados para o aumento de R$ 2,00 para R$ 3,00. “O critério adotado pela gestão foi identificar as fragilidades do atendimento para que se defina o perfil do público alvo e demonstrar o comprometimento em prestar serviços de qualidade, a fim de assegurar e priorizar continuidade desse serviço sem prejuízo aqueles que realmente precisam”, explica a secretária.

Antônio Gonçalves
Diário do Tocantins

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fechar


 


Galeria de Fotos