4 de set de 2015

Tocantínia: Mais de 40 indígenas se batizam no Rio Tocantins

O batismo foi sábado (29)

Quarenta e três índios Xerente desceram às águas batismais confessando a fé em Jesus como salvador de suas vidas, na Aldeia Santo Alto, em Tocantínia-TO.
O batismo foi sábado (29) e é resultado do trabalho liderado pelo pastor Rinaldo de Mattos e sua esposa Gudrun de Mattos, da Convenção Batista do Tocantins.
A maioria dos batizandos eram jovens que ouviram do Evangelho desde pequenos, através de Armando e Betania Xerente que falavam a respeito de Jesus.
“Esse batismo é importante em muitos aspectos, um deles é que os novos batizados são frutos diretos dos nossos discípulos, eles é quem ganharam esses jovens para Cristo. Vale a pena fazer discípulos que fazem discípulos”, disse o pastor Rinaldo, ao frisar que o batismo dos jovens é resultado do trabalho dos próprios indígenas.
De casa em casa e por meio de celebrações com dança e teatro, o discipulado é realizado pelos índios.
“A obra indígena tem o seu preço, e às vezes o preço é o tempo e muita gente não quer gastar todo aquele tempo, mas vale a pena. Com até 30 anos de missão tínhamos um crente aqui, um crente lá e nenhum sinal de igreja, e foi depois desses 30 anos de ministério para frente que começaram a aparecer os frutos, mas também apareceram como sementes jogadas em terra boa”, diz o pastor.
“Nós, como líderes, ficamos felizes em ver os nossos irmãos, em Cristo agora, e que foram evangelizados por nós, seguindo os ensinamentos de Jesus e o primeiro deles foi o batismo", relata o indígena Pedro Xerente. "Nunca aconteceu antes de batizarmos essa quantidade de pessoas, mas Deus já havia marcado esta data, que hoje está acontecendo, e de agora para frente vamos ajudar esses jovens a serem futuros líderes para ganharmos o nosso povo para Cristo”, acrescenta.
Fonte: Guia-me

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fechar


 


Galeria de Fotos