25 de ago de 2015

Infraestrutura não corresponde ao potencial do Luzimangues


Localização estratégica, sede de uma plataforma multimodal da Ferrovia Norte-Sul e loteamentos em plena expansão. Tudo isso leva o Luzimangues a ser apontado como um dos novos pólos de desenvolvimento do Tocantins. Mas, a despeito disso, a infraestrutura para atender o crescente fluxo populacional não corresponde ao seu potencial.
“Porto Nacional não se preparou para a explosão demográfica que hoje o Luzimangues experimenta e acaba por atender mais aos interesses privados do que sociais”, disse o deputado Ricardo Ayres (PSB), durante audiência pública realizada no Distrito na noite do dia 24 de agosto.
Ayres, que presidiu a audiência, ressaltou que este despreparo atinge a comunidade com a falta de infraestrutura em várias áreas como o transporte, a saúde, a educação e a segurança. Para ele a comunidade do Distrito, assim como da cidade, também perde quando, por falta de qualificação, deixa de ocupar as novas vagas que surgem no mercado de trabalho, a exemplo das ofertas da empresa Granol – Indústria, Comércio e Exportação S/A.
Na sessão da terça dia 25, Ayres voltou ao assunto na tribuna, quando também lembrou que independente de interesses políticos é hora de se lançar um novo olhar ao Distrito, bem como ao município. “É preciso dar condições para que as pessoas prosperarem, pois a cidade  e o Distrito já oferecem os elementos para desenvolver, mas precisa planejar”, disse.  




Fonte: Diário do Tocantins
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fechar


 


Galeria de Fotos