18 de ago de 2015

Estudante chega a 194 kg, perde 98 e começa nova vida após cirurgia

Paula perdeu 98 kg e mudou de vida após passar pela redução de estômago (Foto: Montagem G1/Paula Carmo Silva/Arquivo Pessoal)
Sedentária, com falta de ar e sem forças para andar sequer poucos metros. Era assim que vivia Paula Carmo Silva até os 26 anos, quando começou a mudar de vida. Hoje com 96 kg, ela diz que chegou a pesar 194 kg. "Mudou tudo. Sou praticamente uma outra pessoa", comenta a jovem aos 29 anos, após fazer uma cirurgia de redução de estômago. A moça é natural de Miranorte, cidade da região centro-oeste do Tocantins, e mora em Palmas há dois anos.

Paula conta que a briga contra o peso começou bem antes de realizar o procedimento, feito em 2012. "Minha família sempre me incentivou a fazer dieta, só que eu nunca conseguia emagrecer. Consultei até um médico uma vez e ele receitou remédios, mas sempre que o tratamento acabava eu ganhava peso novamente."
O limite chegou quando a moça percebeu que passava boa parte do dia deitada, sem forças até para andar. "Eu sempre achava que [o peso] não ia me atrapalhar. Mas quando me vi a maior parte do tempo cansada, deitada em uma cama, sem conseguir estudar ou mesmo trabalhar, percebi que precisava mudar. Foi aí que eu cheguei na minha tia chorando e pedindo ajuda", lembra.
Jovem chegou a pesar 194 kg (Foto: Paula Carmo
Silva/Arquivo Pessoal)

Paula estava com 23 anos na época e para ajudá-la a emagrecer, a família fez um plano de saúde, mas o tempo de carência adiou os planos da moça. Pela rede pública, ela conta que demorou cerca de um ano para fazer a primeira consulta.
O procedimento cirúrgico saiu em 2012 e foi feito no Hospital Geral de Palmas (HGP). Agora, a história da jovem é outra. "Eu só tive vida após a cirurgia. Nunca tinha trabalhado e também não tinha noção do tamanho do meu manequim, porque minhas roupas tinham que ser feitas sob encomenda. Hoje estudo estética em uma universidade", comemora.
Três anos após a redução de estômago, Paula conta aos risos, que até a vida amorosa se transformou. Hoje ela não descuida da alimentação e tenta conseguir uma cirurgia plástica para retirada do excesso de pele. A meta da jovem é chegar aos 70 kg.
"É preciso ter determinação e força de vontade. Não é facil, a fome não desaparece e é preciso se controlar. Hoje faço caminhada, cheguei a fazer academia nos primeiros dois anos, mas parei por causa do trabalho e dos estudos. Quero voltar em breve, mas só de estar realizando meu sonho, que é fazer uma faculdade, minha vida é outra", finaliza.


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fechar


 


Galeria de Fotos