Últimas Notícias
Loading...

2 de dezembro de 2016

Mais de 3 mil estudantes que tiveram provas adiadas farão o Enem no TO

Exame será aplicado em cinco cidades do estado neste final de semana.
Estudantes devem ficar atentos ao horário de verão; portões abrem às 11h.



Ao todo, 3.071 candidatos vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste final de semana no Tocantins. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) as provas serão aplicadas em AraguaínaMiracema do Tocantins, Palmas, Porto Nacional e Tocantinópolis.
Ocupação em Miracema começou nesta quinta-feira (3) (Foto: Divulgação)Ocupação em no câmpus da UFT de Miracema
 (Foto: Divulgação)
Serão 1.599 estudantes em Araguaína; 452 em Miracema do Tocantins; 900 em Porto Nacional; 119 em Tocantinópolis e um em Palmas.
Os candidatos tiveram as provas adiadas por causa das ocupações nos locais de exames, durante os dias 5 e 6 de novembro, quando foram realizadas as primeiras provas do Enem.
Em Palmas, a única estudante que fará o exame será a jovem que fez uma prova para deficientes visuais. De acordo com, o Inep ela vai refazer todas as provas.
No Tocantins, os candidatos devem ficar atentos ao horário de verão. Isso porque os portões serão abertos às 12h no horário de Brasília (DF), ou seja, 11h no horário local. Assim, o fechamento, às será às 12h no Tocantins.
Os gabaritos serão divulgados na quarta-feira (7), na página do participante, na internet, e por meio do aplicativo Enem 2016. No dia 3 de dezembro serão aplicadas as provas de: ciências humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias, com 4h30 de prova.
No domingo (4), as provas serão de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias, com 5h30 de prova.

Fonte: G1 Tocantins

Copa Verde 2017: Tocantins encara o Rio Branco-ES na primeira fase


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou no seu site oficial nesta terça-feira (29) a tabela básica da Copa Verde 2017 e o regulamento da competição. O campeonato está previsto para iniciar no dia 29 de janeiro. O representante do estado na competição, o Tocantins, vai encarar na primeira fase o Rio Branco-ES.
O time assegurou vaga na competição depois de conquistar o vice-cameponato Tocantinense 2016. O atual campeão da Copa Verde é o Paysandu.
O representante do Tocantins na competição esse ano foi o Interporto, que foi eliminado na primeira fase do campeonato com derrota de 3 a 0 para o Gama-DF. No jogo de ida as duas equipes empataram em 1 a 1.
Regulamento da Copa Verde 2017
De acordo com o regulamento, os times jogam em partidas eliminatórias de ida e volta até a decisão. Os critérios de desempate para indicar o clube vencedor do confronto quando houver igualdade em pontos ganhos ao final das duas partidas de cada grupo serão maior saldo de gols, maior número de gols pró assinalados no campo do adversário e cobranças de pênaltis, de acordo com a regra oficial.

Em caso de confronto entre dois clubes da mesma cidade o critério de gols fora de casa não será utilizado para desempate. As semifinais da competição estão programadas para os dias 16 e 19 de abril. A grande decisão será em dois jogos. O primeiro no dia 26 de abril e o segundo em 17 de maio.

Fonte:  Globo Esporte/Tocantins

Vereadores de Miracema são diplomados sob lema de renovação e com presidência definida


Vereadores da primeira capital são diplomados em noite da gala;
Sete dos onze vereadores já escolheu presindente da Câmara;
Demais vereadores sinalizam juntar as forças por um Legislativo independete. 


No próximo ano a Câmara Municipal de Miracema do Tocantins, pela segunda, vez vai exercer o Legislativo com onze vereadores. Destes, oito deles foram eleitos pela coligação que elegeu o prefeito,
já diplomado, Moisés da Sercon/PMDB, enquanto a coligação da atual gestão conseguiu eleger apenas três.


Da composição atual, apenas quatro foram reeleitos: Maria Bala/PSL, para seu 5º mandato; Nasci da Ótica/PSD, que já atuou em duas Legislaturas; Edilson Tavares/PMDB; e Adilson do Correntinho/PV, ambos para o 2º mandato. Os edis novatos são: Natan Fontes/PMDB, Núbio Gomes/PSD, Cirilo Douglas/PRP, Branquinho do Araras/PT, Irmão Didan/PSB, Dr. Ricardo/PSD e Pedro da Farmácia/PRB.


Na última quarta-feira (30) o TRE (Tribunal Regional Eleitoral), através da 5ª Zona Eleitoral, numa cerimônia realizada no Ginásio de Esportes do Colégio Tocantins, na primeira capital do Estado, outorgou o Diploma de Vereador aos concorrentes eleitos, inclusive aos suplentes imediatos.

Conforme o MIRA noticiou, sete dos oitos vereadores eleitos pelo grupo de Moisés da Sercon, em reunião, decidiram escolher um nome para concorrer à presidência da Câmara, sem interferências. O escolhido foi o vereador Edilson Tavares, que vai exercer seu segundo mandato. “Ele e o Adilson já acumulam experiência do primeiro mandato e Edilson ainda tem conhecimento administrativo porque trabalhou na administração municipal por alguns anos”, disse um edil. Outro vereador acrescentou que “Daqui a dois anos, vamos escolher novo presidente, aí qualquer um de nós vai estar apto, já conhecedor de como funciona a Câmara e sua presidência”.
Durante a solenidade de diplomação, comentava-se nos bastidores que os demais vereadores sinalizavam que poderiam fazer uma chapa única em prol da inidade e independência da Câmara Municipal.



Opinião – Um analista político da primeira capital, que preferiu não ser identificado, comentou que “a escolha foi mais que perfeita”, porque edis profissionais, de vários mandatos, podem trazer vícios e costumes para ‘ajeitamento’ com a administração municipal. Já o novatos, edis de primeiro mandato, chegam crus, ainda sem conhecimento de causa, porque ainda vão conhecer os trâmites e a arte de legislar. Agora o vereador já com um ou dois mandatos, teve oportunidade de ver o errado para aplicar o certo. Conhece as manhas e o trâmite processual do Legislativo. Só vai errar se for mal político ou má pessoa", diagnosticou

O analista ainda justificou sua opinião, lembrando que nos dois biênios dessa atual Legislatura que encerra dia 31 de dezembro, a Câmara Municipal de Miracema foi presidida por dois vereadores que acumulam mandatos, mas que utilizaram da experiência para eles e não para a Casa de Leis e, principalmente, para os munícipes. E exemplificou: “Basta ver as reformas, consagradas com alagamentos internos, inclusive numa sessão solene, agravadas ainda pela descaracterização da cobertura, entre outros, do prédio da Câmara, considerado “Patrimônio Histórico Estadual’, que serviu como sede da Assembleia Legislativa do Tocantins, onde nasceu a Constituição Estadual, e que também foi sede da primeira Reitoria da Unitins, que mais tarde deu origem à UFT."  Ademais, concluiu o analista, “Basta ver o noticiário sobre personagens do Legislativo de Miracema investigados pela justiça eleitoral”.
(Da Redação/MIRA Jornal)

Lei sobre venda de carne é fiscalizada em Miracema.

Comerciantes são obrigados a se adequarem.


A aplicabilidade da Lei Estadual 3.136 determinando que os estabelecimentos que comercializam carnes  em geral exponham determinadas informações começa a ser fiscalizada em Miracema do Tocantins.
"A carne animal faz parte do cardápio brasileiro,mas muitas pessoas não se preocupam com a origem do mantimento e nem reparam na data de validade e até compram o produto em açougues clandestinos", informa reportagem do Jornal do Tocantins desta sexta-feira,02.
A Lei
A lei determina que os estabelecimentos exponham em uma placa e em local visível de forma clara e legível aos consumidores, a razão social, nome de fantasia, telefone, endereço e número de inspeção do frigorífico fornecedor dos produtos expostos à venda bem como o prazo de validade.
A Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor(Procon) informou que está realizando ações rotineiras sem notificações ou autuações, apenas orientando por enquanto os comerciantes, assim como a Vigilância Sanitária dos municípios do Tocantins.
Miracema
Em Miracema do Tocantins alguns estabelecimentos já estão cumprindo a determinação, como é o caso do Supermercado Boa Sorte cujo produtos são adquiridos apenas do Frigorífico Providência fato que pode ser vereificado na placa fixada no açougue.
Segundo o proprietário Flávio Bucar o Frigorifico Providência  já está apto a comercializar carnes não apenas no município,mas, em todo o Estado.
O Frigorifico adquiriu novos e modernos equipamentos para fornecer um produto de qualidade aos consumidores, sendo assim, é a própria empresa que fornece as placas com as informações a serem colocadas nos estabelecimentos comerciais.
Com as placas o consumidor poderá ter a certeza de que a carne comercializada atende as exigências da Lei.
Por Leal Júnior

 


Galeria de Fotos